Terça-feira, 2 de Novembro de 2010

TARDE E EM HORA RUIM

Terry Rodgers

 

Começou tarde e em hora ruim. Numa aposta estúpida envolvendo a saúde de outrem, ela, que nem o cheiro suportava, experimentou fumar. Corriam, recém-inaugurados, os trinta anos. Até ali, passara ilesa à tentação do cigarro mesmo quando dois terços da Academia sugavam nicotina e outras ervas e coisas químicas como quem chucha no biberão.

 

Tempos foram passados, e, tarde de Junho cálida desbaratada seleccionando papéis, após dois ou três pregos queimados de enfiada, mandou fora o isqueiro e os ditos. Eram decorridas duas semanas, e o apuro do cheiro perdido regressou – deu por ele caminhando num passeio à beira de estrada caótica pelo trânsito. Entre as fumaças ejectadas, sentiu aroma de alfazema. Dum lado o fedor alcatroado, do outro, muro protector de obra em construção. Contornou-a. Entre pedras sobrepostas, hastes de alfazema piscaram-lhe as pétalas dizendo: _ foste atenta e o prémio já o tens.

   

Três anos limpos. Quebrados por mão amiga que numa festança de truz em Alentejo cerca insistiu numa cigarilha. Experimentou e desgostou. Não repetiu. Mês depois - espectáculo picante. Oferta repetida. Aceitou, aspirou, engoliu o prazer até ao fim. E foram dois anos de «minis» entre dedos e cigarros nem vê-los. Cansou as cigarilhas – aliás cansa-a e destrói-lhe o ego fumar pela liberdade diminuída quando em voo, reunião ou espectáculo ou maço vazio ou pela indesculpável «carneirice» da mão escondida quando fotografada. Mês e meio marcado na agenda, sucumbiu à nicotina «encigarrada».

 

Vão mais seis meses. Ontem, foi a renúncia. O primeiro dia correu entusiasta. Lembranças da coisa malvada num instante este ou aquele. Suspiro vão ordenado pelo querer.

 

15 PREGOS AFOGADOS

 

 

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 06:20
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (11) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds