Sábado, 12 de Março de 2011

NA CORDA BAMBA

Katherine Doyle

 

Empurrar para a rua este povo adormecido – objectivo do "Protesto Geração à Rasca". E o povo desabituado de em conjunto, sem patronos sindicais ou políticos, contestar o feito e reclamar gestão eficaz do país para salvaguarda dos direitos de todos, tem hoje a possibilidade de iniciar viragem na história portuguesa. Curiosamente, ou não porque ser jovem obriga a ideais e sonhos a cumprir, é a geração Rasca que, anos passados do rótulo, toma nas mãos ligadas a teclas a responsabilidade de acordar portugueses de todas as faixas etárias da letargia que os tem embalado. Salvé!

 

Do ser jovem, tempo não muito atrasado, fazia parte  “Nuclear? Não, obrigado!” Progredindo a ciência e as vontades, o papão radioactivo controlado(?) pelo homem largou parte do sentido – as carências energéticas devidas ao consumo desenfreado dos combustíveis fósseis, os respectivos custos e a degradação ambiental conduziram ao “Nuclear? Talvez!”

 

A tragédia sísmica no Japão lembra que a produção de energia com origem radioactiva tem perigos ainda não passíveis de serem eliminados no actual estado dos conhecimentos. Parte dos muros e do tecto da central que explodiu e a cujo tempo de vida útil faltava uma década, conduziu a evacuação num raio de segurança de 10km. Mas ao nuclear haverá alternativa, sendo incipientes as formas de generalizar energias obtidas por outras vias? Ensinamentos outros o mundo teve: técnicas de construção apuradas que resistem às tremuras febris da Terra, abrigos protectores disseminados nas cidades, pedagogia efectiva das atitudes quando o chão é corda bamba.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 10:50
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (18) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds