Domingo, 29 de Março de 2015

PARA ONDE VIAJAR EM 2015

Marraquexe, Marrocos.jpg

2. Siem Reap, Camboja.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Marraquexe, Marrocos                                            Siem Reap, Camboja

3. Istambul, Turquia.jpg

4. Hanoi, Vietname.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Istambul, Turquia                                              Hanoi, Vietname

 

5. Praga, República Checa.jpg

8. Buenos Aires, Argentina .jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Praga, República Checa                             Buenos Aires, Argentina

 

10. Cidade do Cabo, África do Sul .jpg

12. Zermatt, Suiça.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  Cidade do Cabo, África do Sul                                      Zermatt, Suiça

 

14. Goreme, Turquia.jpg

15. Ubud, Indonésia.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Goreme, Turquia                                                   Ubud, Indonésia

 

16. Cusco, Peru.jpg

18. Banguecoque, Tailândia.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Cusco, Peru                                                Banguecoque, Tailândia

 

  

 

A seleção foi feita a partir da opinião de milhares de viajantes que utilizam o portal Tripadvisor. Marraquexe ocupa o primeiro lugar. Os viajantes destacam os mercados, os palácios, as mesquitas e a histórica Medina para eleger Marraquexe como o primeiro grande destino para viajar em 2015. Em segundo lugar está Siem Reap, no Camboja, e em terceiro Istambul, na Turquia.

 

 

 

 

Desde capitais europeias a longínquos destinos asiáticos e africanos, de cidades com um enorme património histórico a locais "dominados" pela tranquilidade do mar e da paisagem, nesta galeria de imagens mostramos os destinos preferidos para 2015. Portugal não está no ranking do Tripadvisor, mas a cidade de Lisboa é uma das eleitas para as escolhas no continente Europeu.

 

 

 

 

Das imagens omiti por que demais conhecidas, Roma, Paris, Londres, Nova Iorque, Atenas, Barcelona e S. Peterburgo.

 

 

Nota - Fonte 

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:00
link do post | Veneno ou Açúcar? | favorito
Segunda-feira, 16 de Março de 2015

HOJE, LISBOA EM VERDE ESMERALDA

Nikias Skapinakis paisagem-bandeira-portuguesa_jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nikias Skapinakis – “Paisagem – Bandeira Portuguesa”

 

 

 

 

“Portugal participa na ‘festa verde' da Irlanda com três monumentos, entre eles o Cristo Rei, em Almada. É uma marca irlandesa que seduz cada vez mais países - e turistas.

 

 

 

 

O que têm em comum a estátua do Cristo-Rei em Almada, o Coliseu em Roma, a basílica do Sacré Coeur em Paris, o Empire State Building em Nova Iorque, o Palácio Grimaldi no Mónaco ou a Torre inclinada de Pisa? Na noite da próxima segunda-feira, dia 16, logo após o pôr-do-sol, todos eles farão parte dos 125 edifícios históricos em 25 países que vão aparecer ‘pintados' em verde-esmeralda. A pintura, entenda-se, será uma iluminação especial que irá esverdear os monumentos que participam do ‘Global Greening', uma iniciativa da Irlanda para assinalar o dia do seu santo padroeiro, St. Patrick, que se celebra a 17 e que é festejado por mais de 70 milhões de irlandeses em todo o planeta. O projeto, iniciado há seis anos pelo Turismo irlandês, é também uma forma de promover o país à escala mundial e, em especial, o seu turismo.

 

 

 

O santuário do Cristo Rei, na margem sul do Tejo, não será o único monumento em Portugal a ser colorido com verde-esmeralda este ano. A estátua do Duque da Terceira, no Cais do Sodré, é uma das estreias da lista e o Palácio Museu dos Condes de Castro Guimarães, em Cascais, volta a juntar-se à iniciativa. Nos dois primeiros casos, as luzes verdes estarão ligadas durante três noites, de 16 a 18 de Março - apenas em Cascais o efeito de ‘Greening' irá prolongar-se até ao dia 21, data em que o evento fará o encerramento oficial.

 

 

 

A relevância e centralidade dos monumentos estão entre os principais critérios de escolha, mas as ligações à Irlanda também pesam na decisão. É o que acontece, por exemplo, com o Palácio Museu Condes de Castro Guimarães. O edifício em Cascais foi erguido por volta de 1900 para ser a casa de veraneio de Jorge O'Neill, descendente dos reis da Irlanda. E não falta sequer o cruzamento entre a arte portuguesa e símbolos irlandeses - como os trevos, reconhecidos como símbolo do país, na porta de ferro forjado do palácio e também na pintura de teto da ‘Sala dos Trevos'.”

 

 

 

 

Nota – Fonte.

 

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Maria Brojo às 08:00
link do post | Veneno ou Açúcar? | favorito
Domingo, 3 de Março de 2013

AMORES QUE IMPLORAM REGRESSOS

 

 

Nova Iorque - amor à primeira vista. A chegada é como entrar num filme e viver nele. A cidade do pouco mundo que conheço onde me apeteceria habitar.

 

 

A inevitável imagem do Rockefeller Center. A figura apanhada no mau gosto da prova 'estive aqui'. Harlem, maravilhoso e contraditório, logo depois. Os ofícios religiosos, ao domingo, estonteiam pelo genuíno gospel. Em baixo, o deslumbre da Art Déco do Empire State Building. Estreito skyline obtido na 5th Avenue. A tentação do cheesecake de forno porta sim, porta não. Hordas de gentes na azáfama habitual.

 

 

O ridículo da figura no mercado de flores em Amesterdão. O fascínio das casas magras em largura, do ziguezaguear do rio Amstel, da Casa de Anne Frank e muito mais. Na imagem seguinte, a figura deleita-se com as flores na Grand Place de Bruxelas.

 

 

Para quem atravessa a Floresta Negra «subir» o Reno é invevitável. A formosa cidade de Bacharach, inscrutada na margem esquerda do rio, e Bona.

 

 

Pormenor da Catedral de Colónia. Quai d'Orsay pede revisitação pela arquitetura, pelo acervo e pelas exposições temporárias.

 

 

Num dos regressos a Paris, fiquei instalada nesta casa senhorial do século XIX. Bosque em volta. Nem dá por ele quem corre a rua do Seizième Arrondissent. Infinita a saudade desta casa vendida no entretanto.

Saudade de mais uma viagem marítima. O retorno está para breve.

 

 

Razão tinha Saramago ao escolher viver em Lanzarote. A paixão aconteceu à medida das curvas e contracurvas que levam à «zona lunar» cimeira. Vulcânica de facto. O recolhimento dos vinhedos encanta quem possui raízes rurais. O passeio de camelo para 'turista fruir' traduziu-se em gargalhadas. E se rir faz bem!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:27
link do post | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (3) | favorito
Quarta-feira, 12 de Outubro de 2011

NA PRIMAVERA DO INVERNO

Chris Peters, Gustave Courbet

 

Não sei quem escreveu, tão pouco se é dito popular, mas por voz amiga soube: “O Outono é a Primavera do Inverno”. Ora, implantado «calor de ananases» em cada dia nascido, garantindo os meteorologistas não haver perspectivas de nuvens que vertam o líquido que nos constitui e ao planeta em cerca de 70%, escasseia o bem maior. Em Bragança, é tempo de secura nos solos e nos ribeiros; a água potável em reserva apenas satisfaz as necessidades das 35000 pessoas afectadas durante mês e meio. Secura também nos pastos alentejanos. Dramática antevisão do que aos vivos espera daqui a décadas continuando desperdícios insanos.

 

Vozes se alevantam contra a entrada paga aos domingos nos museus. Por esta, estou de acordo com a decisão desde que duas horas, ou uma e meia antes do encerramento sejam, diariamente, gratuitas. Em Londres, Paris, Nova Iorque, Paris e noutros lugares o mesmo acontece desde que me lembro e não consta ter diminuído a afluência dos esfaimados por cultura ou dos curiosos. Mesmo considerando que se trata de países ricos cuja população tem nível de vida abissalmente melhor que o do nosso povo, os convénios com instituições, escolas entre elas, as horas gratuitas de visita previnem acesso a todos. Fosse substituído pelo transporte público a inundação de automóveis no regresso a casa, haveria ganho de tempo para visitar «à borla» um museu - está subentendida franja de compatibilidade nos horários. Depois, sábados e domingos também são dias para aproveitar horas da tarde em visitas graciosas, assim haja querer.  

 

Nota: começa hoje e termina no domingo a Feira do Livro de Frankfurt – montra privilegiada para os livros escritos em português.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:16
link do post | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (5) | favorito
Terça-feira, 5 de Abril de 2011

DO SOLO PISADO POR DOIS NUM

Autores que não foi possível identificar

 

Sam Sheppard. Wim Wenders. Os dois, combinados, ideiam filmes dolentes, planos demorados, sentimentos contidos, sensualidade no falar silencioso do Sam Shepard habituado à escrita boa ou não fosse Prémio Pulitzer. Conheci-o, vergonha minha, apenas no “Paris, Texas”, road movie incomum, também realizado por Wim Wenders e estrelado pela fabulosa Natassja Kinski. Mais tarde, dele leria o editado por cá. Simbiose harmónica entre o escritor, actor, guionista.

 

Vieram à lembrança as referências pela sensualidade na escrita, no celulóide, na voz, nas gentes. Qualidade abrangida por alguns. Se trabalhada soa a fingimento. Se inata é o que deve ser – explosão dos sentidos todos num olhar, num gesto ou trejeito, num morder de lábios ou num jeito sem jeito. Impressão digital que nenhum burocrata legitima, mas fica gravada na sensibilidade de quem vê e reconhece pelo diálogo com profundezas das quais cada um sabe em si.

 

A voz que canta o Café da Manhã, apela à transgressão, clama pele, chão ou cama. Talvez solo pisado dum jardim ou dele banco de madeira onde dois se confundam num.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

Alentejana como não bastasse o bastante.

 

publicado por Maria Brojo às 06:17
link do post | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (33) | favorito

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds