Quinta-feira, 4 de Julho de 2013

DAS REALMENTE BELAS, MÁGOAS

 

Michel Parkes - "Nightfall"

 

“Acho que é num filme de Eustache. Ela diz que lhe vai apresentar uma amiga. Uma amiga «bonita» e «com muitos amantes». Ele responde: as mulheres «com muitos amantes» nunca são «assim tão bonitas». Ele tem razão. Nunca conheci uma mulher «assim tão bonita» que tivesse «muitos amantes». A chamada «promiscuidade» é apanágio das mulheres medianamente bonitas (e de algumas feias). Já tenho notado essas raparigas ‘on the move’. É visível que sentem grande desprezo pelas mulheres muito bonitas. Acham que as mulheres muito bonitas são puritanas e ingratas.”

 

Pedro Mexia no“Pas jolies comme ça”.

 

Exemplo de lucidez masculina. Guerreando pré conceitos, constato semelhante: normalmente, as mulheres belas a quem o tempo somente burila e soma encanto, tanto se habituaram a serem constituídas objeto de gula e atenção que o enfado sobrevém. Para elas, excluído o conforto do anonimato num espaço social, ao conduzirem, ou no caminhar com sacos de supermercado nas mãos. Homens, quase todos, mulheres ainda mais escrutinam-nas da cabeça aos pés. Existindo vestígio de desarmonia na embalagem, é garantido reparo caridoso(?) de algumas confrades – “tens o botão semiaberto”, ou “o fio puxado na meia”, ou “hoje o teu ar não é dos melhores”.

 

As realmente bonitas e encantadoras nas atitudes têm maior dificuldade na harmonia sentimental. Baixando as defesas, porque alvos apetitosos ficam expostas aos reles que coisificam a mulher e ambicionam trazer a tiracolo fêmea compatível com o estatuto e o automóvel e que aos pares atormente com inveja. Minada a confiança, estão atentas aos sinais envenenados e tecem concha magoada. E volta dúvida antiga – sou estimada pelo conteúdo ou pelo precário continente?

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:26
link | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds