Segunda-feira, 10 de Novembro de 2014

(CON)TRADIÇÕES

Conceição Ramos Contradições 4.jpg

Conceição Ramos 261178_292432077552199_167191994

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conceição Ramos - Série “(Con)tradições”

 

Conceição Ramos é licenciada em Pintura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e doutorada em “Realitzacions Plastiques i Reflexions Estétiques Contemporànies” pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Barcelona.

 

“(Con)tradições” é série que reflete a viagem realizada pela artista plástica por terras do oriente subdivida em três temas: “Paisagem”, “Cores e Sabores”, “Mitos e Tradições”. Esteve patente na Galeria Municipal de Sintra no mês de março de 2013.

 

A viagem a Goa, Damão e Diu reavivou memórias da cor e do Índico, dos cheiros, dos sabores das especiarias e a multiculturalidade resultante de miscenizações culturais.


Moçambicana por nascimento, Conceição Ramos reconhece na antiga Índia Portuguesa o espaço, a cor e os cheiros de uma infância perdida no tempo.

 

Rocha de Sousa (Crítico de Arte) escreveu:

“Sem se deter na estreiteza do raciocínio que conduz apenas à metamorfose poética, nem aos percursos conceptuais entretanto pressupostos, Conceição Ramos refunde o objeto temático, sobrepõe o realismo lógico às ocultações perspéticas, redesenha todas as elementaridades, ligando cada vez mais as grandes escalas à presença simbólica e cenográfica das várias representações/encenações, uma comunidade em parte litúrgica de seres, uma teatralidade instável em lugares pensáveis, o grande universo  - lúdico, diverso, texturalmente vibrante – onde cada criança em nós se recupera nos jogos de abertura ao imaginário e na saborosa nostalgia das coisas já longínqua mas que nunca morrem.”

 

 

Nota – Sugiro explorar o site da pintora Conceição Ramos. Desdobra-se, fundamentalmente, em cinco das mais importantes séries desta artista plástica: “Normas e Formas”, “Recontando Estórias”, “Representações”, "Maternae" e “(Con)tradições”.

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 11:05
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Segunda-feira, 5 de Março de 2012

VI’ANA PRÀ’FRENTEX’

Michael Jordan, Mark Sanislo

 

A notícia, primeiro: “O ‘salário mínimo’ dos padres da Diocese de Viana do Castelo vai ser de 950 euros a partir de agora. A medida, tomada pelo bispo, visa que as paróquias mais ricas dividam proventos com as mais pobres. A carta do bispo D. Anacleto Oliveira em que são explicados os novos estatutos Económico do Clero e do Fundo Diocesano do Clero, determinando a uniformização das remunerações em todas as paróquias a partir desde mês, chega esta semana aos sacerdotes. E, entre eles, a expectativa é muita. Que o diga César Maciel, 29 anos, padre apenas há três e que orienta as paróquias serranas de Lamas de Mouro e Castro Laboreiro, em Melgaço, e a de Gavieira, que inclui o santuário da Peneda, em Arcos de Valdevez.”*

 

O comentário do estimado amigo José-Luis Ferreira foi: “Contra a crise, missa com vinho verde! Vi’Ana prà’frentex. Finalmente, uma bolha d’emprego.”

 

Segue o da minha lavra. Enquanto reina a opulência nas elites dos servidores católicos por fé e profissão do ‘Reino de Deus’, os párocos das freguesias rurais desdobram-se em missas, casamentos, funerais, baptizados, distribuição de hóstias ao som de corais manhosos. Regressam à casa sita numa das aldeias, quase sempre espartana, assobios do vento entrando pelas frinchas. Os ‘padres curas’ curam da sua igreja principal, das outras também, auxiliados por beatas, benza-as Deus, experimentadas em limpezas que põe soalho a luzir, administram rendas e flores nos altares, só não limpando o pó dos bancos porque naturalmente espanejados pelo assentar dos crentes.

 

Quando a descriminação entre pares está arreigada nas hierarquias católicas, que a ostentação dos veludos e sedas e damascos e cadeirões seja traduzida em algum desafogo dos humildes sacerdotes que mais e importante têm a fazer no pastoreio dos velhos e crianças e famílias desprotegidas ocultas no interior das comunicações ditas sociais.

 

* http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Viana%20do%20Castelo&Concelho=Viana%20do%20Castelo&Option=Interior&content_id=2341074

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:08
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (2) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds