Sexta-feira, 4 de Julho de 2014

QUANDO AS ALFACES FALAM E EXORCISMOS

 

Carl Warner - Paris Boulevard                                                      Carl Warner – Cart Balloons

Um estudo da universidade de Missouri-Columbia, nos Estados Unidos da América, demonstra que as plantas conseguem ouvir quando estão a ser comidas e que se defendem contra os intrusos devoradores lançando óleo repelente.

 

Há quase 30 anos atrás, o botânico sul-africano Lyall Watson afirmou que as plantas sentem e se emocionam. Cientistas provaram que as plantas não só respondem ao som crescendo na sua direção - a voz feminina é mais propícia ao crescimento dos vegetais que a masculina -, mas também comunicam entre elas enviando mensagens químicas pelo ar.

 

E o que dizem as plantas umas às outras? Segundo os pesquisadores devem ter muito para falar, incluindo a partilha do espaço disponível para crescimento e onde situarem as raízes. O som pode realmente oferecer um canal de transmissão particularmente eficaz mas de curto alcance. Quando uma outra planta “lê” a mensagem, reage aumentando suas defesas naturais contra gafanhotos, lagartas e outros invasores.

 

Desde 1960, cientistas suspeitam que haja mais nas plantas do que aparentam. Vários pesquisadores, tais como Cleve Backster, descobriram que testes de polígrafo detetam emoção nas plantas. Uma equipa da Universidade de Oxford afirmou que relva e pés de ervilhas sabiam quando plantas vizinhas enfrentavam uma seca. Embora tendo água suficiente, fecharam os poros das folhas quando as vizinhas sofriam falta de água. Depois de algumas horas, aparentemente perceberam que não estavam em perigo e abriram novamente os poros.

 

 

São Francisco exorcizando demónios em Arezzo            Francisco Goya - Saint Francis Borgia performing an exorcism

 

“O Papa Francisco deu apoio ao exorcismo na Igreja Católica, depois de um grupo de padres que reclamam salvar pessoas expulsando os espíritos malignos ser reconhecido oficialmente pelo Direito Canónico.

De acordo com o jornal oficial do Vaticano, o «L'Osservatore Romano», a Associação Internacional de Exorcistas, composta por 250 padres que alegam combater as forças do mal em mais de 30 países, viu os seus estatutos aprovados pela Congregação para o Clero. A decisão dá reconhecimento legal à prática do exorcismo.”

 

De acordo com a Bíblia, Jesus realizou cerca de meia dúzia de exorcismos. Em Mar 16:17, lemos – “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas, sendo todo crente em Cristo Jesus capaz e autorizado por Cristo a expulsar demónios.” Entre todos os leigos que acreditam e procuram mais saber sobre exorcismos constam principalmente médicos, enfermeiros, psicólogos, advogados, professores e membros das forças de segurança.

 

Segundo testemunhos do ritual católico, os demónios respondem com mentiras às inquirições do padre sobre, entre outras, a identidade do demónio e/ou a causa da possessão. Apesar da resistência do(s) malino(s), o sacerdote exorta-os a largarem o corpo do possesso invocando Deus, Jesus Cristo e a corte dos anjos. Após horas extenuantes de invocações e rezas, é dita possível a libertação do domínio e haver «cura». Voltando a possessão demoníaca a atormentar o paciente, este busca alívio na psiquiatria, conquanto a maleita não conste dos diagnósticos psiquiátricos.

 

Quem professa crença nestas possessões descreve, por vezes, sintomas comuns a várias doenças mentais, como histeria, mania, psicose, epilepsia, esquizofrenia ou dissociação de identidade. Existe ainda a demoniomania ou demonopatia em que o indivíduo acredita ser possuído por um ou mais demónios. A ilusão do exorcismo é atribuída ao efeito placebo e ao poder da sugestão. Alguns dos supostos possuídos são narcisistas ou sofrem de baixa autoestima, agindo com o propósito de ganho de atenção.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 11:25
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (7) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds