Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2014

10 INFORMAÇÕES (IN)ÚTEIS?

Antony_and_Cleopatra_by_Elf_Fin.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Antony and Cleopatra” by Elf Fin

 

Cleópatra viveu mais perto da construção da grande pirâmide de Gizé ou da fundação da Pizza Hut?

A grande pirâmide de Gizé foi construída por volta de 2560 antes de Cristo enquanto que a cadeia de fast-food Pizza Hut foi fundada em 1958; a rainha egípcia Cleópatra viveu 500 anos mais próximo da fundação da cadeia de fast-food Pizza Hut.

 

 

Qual a rua mais pequena da cidade do Porto?

Com cerca de 30 metros, a rua Afonso Martins Alho é a mais pequena da cidade do Porto. A pequena artéria recebeu o nome de um dos personagens mais influentes da idade média na cidade, o famoso Alho que deu origem à expressão «fino como um alho».

 

 

Qual a origem do nome Bluetooth?

O nome da tecnologia sem fios Bluetooth baseou-se no cognome do rei dinamarquês Harald Gormsson que, supõe-se, teria um dente escurecido e por isso era conhecido por Harald Bluetooth.

 

 

Por que é que três ruas do Soho, no centro de Londres, foram evacuadas?

Em Outubro de 2007, a polícia e os bombeiros evacuaram três ruas do Soho, em Londres, depois de detetarem um fumo tóxico que os levou a emitir um alerta de ataque terrorista biológico; afinal o fumo vinha das panelas de um restaurante tailandês que preparava Nam Prik Pao, um molho picante.

 

 

Porque é que o vencedor da primeira “Volta a França" foi desclassificado na segunda edição da prova?

Maurice Garin, o ciclista que venceu a primeira edição do "Tour" em 1903, foi desclassificado na edição de 1904 por ter feito parte de uma etapa de comboio.

 

 

Quem está a recuperar a frota do pirata Capitão Morgan?

A recuperação da frota do famoso pirata galês Capitão Morgan, naufragada ao largo do Panamá, está a ser feita por investigadores da Universidade do Texas com financiamento da marca de rum Capitão Morgan.

 

 

Qual o animal nacional da Escócia?

O animal nacional da Escócia é o Unicórnio que, tal como o monstro da Lago Ness, não tem qualquer evidência de existência real.

 

 

O que ganhou Niels Bohr para além do Prémio Nobel?

Depois de vencer o prémio Nobel da Física, o dinamarquês Niels Bohr ganhou o direito de viver numa casa oferecida pela empresa cervejeira Carlsberg, mesmo ao lado da fábrica, em Copenhaga, até ao fim dos seus dias.

 

 

Onde é que os patrões gostam de ver os funcionários a dormit durante o expediente? 

No Japão é socialmente aceitável dormir durante o expediente; de acordo com diversos estudos, os trabalhadores japoneses são os que dormem menos horas durante a semana de trabalho e, as sestas durante o horário laboral, são encorajadas pela entidade patronal com o objetivo de aumentar a produtividade.

 

 

Quanto custa deixar de ser norte-americano?

Renunciar à cidadania norte-americana custa 2 mil 350 dólares; em 2013, 3 mil pessoas deixaram de ser norte-americanos, o que rendeu aos cofres federais pouco mais de 7 milhões de dólares. A cantora Tina Turner foi o norte-americano mais famoso que o deixou de ser.

 

 

Qual a capital mais próxima de Lisboa?

Em linha reta, a capital mais próxima de Lisboa é Rabat, em Marrocos.

 

 

Nota – Fonte aqui.

 

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

 

 

 

 

publicado por Maria Brojo às 11:01
link do post | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 13 de Novembro de 2013

FRANCIS BACON, LUCIAN FREUD, EDWARD MUNCH E A DINHEIRAMA NOS LEILÕES

 

Francis Bacon – Three Studies for a Portrait of  Lucian Freud

 

Do ontem tardio, costumo saber pela alvorada. Bebericando chá verde, vigio o amanhecer e ouço as primeiras atrasadas. Intervalo o estado de sentinela com café doméstico ao abrir-me para as novas do mundo. E soube. Entre muitas que de repetidas cansam. O tríptico “Três estudos de Lucian Freud” do pintor irlandês Francis Bacon mantido em privado durante 45 anos fora arrematado no leilão da Christie's, em Nova Iorque, por 142,4 milhões de dólares (106 milhões de euros). Após seis minutos de licitação emotiva que deitaria a perder transmontana pacífica, ultrapassou o recorde atingido pelo “Grito de Munch” (119 milhões de euros). Lembrei o meu naufrágio nos sentimentos contraditórios na exposição de Bacon em Serralves correndo o ano de 2003.

 

Francis Bacon, descendente colateral de Francis Bacon, filósofo que deu brado no período «Elisabetano», na infância, era garoto asmático brutalmente educado(?) por um pai que entendia enxertos de chicote como método pedagógico para do petiz ‘fazer homem’. Não surpreende o desprezo que desenvolveria pela Irlanda onde nasceu em Dublin, a 28 de outubro de 1909. Neste desdém, muito bem acompanhado por Oscar Wilde e James Joyce. A brutalidade de que foi vítima e própria do mundo da época, conferiria ao seu trabalho rápida passagem da influência de Rembrandt para uma pesquisa grotesca, audaz, austera. Tendo a mania de destruir muitos das suas obras primeiras, pouco exemplares existem, maioritariamente em museus americanos e europeus.

 

Parte substantiva das pinturas de Bacon exibem figuras desoladas, enredadas em construções geométricas e cores violentas, sugerindo na fluidez dos óleos sentimentos exacerbados como a raiva, o horror, a degradação. Nos últimos retratos, alivia o colorido, se bem que extremos de distorção persistam.

 

Informa uma «Wiki»: “A sua primeira exposição individual na Lefevre Gallery, em 1945, provocou um choque e não foi bem recebida. Toda a gente estava farta de guerra e de horrores, só se falava da "construção da paz" e as imagens de entranhas dos quadros de Bacon, com os seus tons sanguíneos, provocaram mais repulsa do que admiração. Como homem do seu tempo, Bacon transmitiu a ideia de que o ser humano, ao conquistar e fazer uso da sua própria liberdade, também liberta a besta que existe dentro de si. Pouca diferença faz dos animais irracionais, tanto na vida - ao levar a cabo as funções essenciais da existência como o sexo ou a defecação - como na solidão da morte; representando o homem como um pedaço de carne.”

 

Bacon, finado em 1992, e Lucien Freud eram amigos e cúmplices. Poucos eram os dias em que se não viam, ora jogando, bebendo no Soho ou pintando-se mutuamente.

 

Neste leilão, porque superado o valor de “O Grito de Munch”, apetece saber além da pintura mais vezes roubada no mundo (...)

 

Nota: texto publicado na íntegra aqui

 

CAFÉ DA MANHÃ

  

publicado por Maria Brojo às 11:01
link do post | Veneno ou Açúcar? | favorito

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds