Quarta-feira, 5 de Dezembro de 2012

NA CULTURA, LUTO

 

 

O SPNI está de luto. Partiu Joaquim Benite que conheci par de décadas atrás. Homem simples, afável, apaixonado pelo teatro. Concretizou, entre outros, o sonho de ver construído o Teatro Municipal de Almada, uma das muito boas salas do país, e levar a cabo o Festival de Almada, um dos três melhores da Europa, ao lado do de Edimburgo e do Avignon. Recordo encenações e peças excecionais que levaram ao palco alguns dos melhores atores portugueses. Adequado é transcrever síntese da biografia.

 

 

“Joaquim Benite começou a carreira no teatro aos 17 anos como ator, mas foi na encenação que fez o seu caminho profissional. Esteve ligado ao movimento de renovação do Teatro português no período que antecedeu e que se seguiu à Revolução de 1974.

 

Nasceu em Lisboa em 1943 e começou a trabalhar como jornalista, aos 20 anos, no jornal República. Depois fez parte da redação do Diário de Lisboa e foi chefe de redação dos jornais O Século e O diário. Foi crítico de teatro no Diário de Lisboa e em diversas revistas e publicações.

 

Em 1971, fundou o Grupo de Campolide e estreou-se na encenação. Em 1976, no Teatro da Trindade, transformou o Grupo de Campolide em companhia profissional. Dois anos depois, instala a companhia em Almada. O Festival de Almada - o maior do país e considerado um dos mais importantes a nível europeu - seria criado em 1984 e, quatro anos mais tarde, Joaquim Benite inaugura o primeiro Teatro Municipal da cidade.

 

O trabalho de Joaquim Benite ao serviço dos palcos foi reconhecido com vários prémios, entre os quais a medalha de Mérito Cultural do Ministério da Cultura. Em França, o encenador português foi condecorado pelo Governo com o grau de Cavaleiro da Ordem das Artes e das Letras e, em Espanha, recebeu a comenda da Ordem de Mérito Civil atribuída pelo rei.”

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 08:29
link | Veneno ou Açúcar? | favorito
Sexta-feira, 17 de Junho de 2011

CASAMENTO EM JOGO

Jack Vetrianno

 

“_ Tu vais ter saudades de mim.
_ Tenho saudades de ti há anos, e então porque não agora – é isso que queres dizer?
Ao amanhecer, a separação parece inevitável, mas nenhum dos dois dá o primeiro passo.


O que é o amor conjugal? Será possível manter o amor vivo durante trinta anos sem que haja lugar para ressentimentos e recriminações? Será que um casamento é feito por dois seres que se complementam, ou por duas pessoas que afinal se desconhecem?

A peça sobre o casamento – ou Marriage Play, tal como Edward Albee a intitulou – é também uma peça sobre o jogo marital, o jogo amoroso, o jogo do teatro. E porque “A play is play”, na célebre frase de Peter Brook que encerra a sua (jovem) tese sobre o teatro em The Empty Space (O Espaço Vazio, 1968), decidimos chamar-lhe ‘Casamento em Jogo’. Aliás, o que é o teatro senão um jogo, senão uma intensa brincadeira de contornos infantis e raízes ancestrais, senão uma acção em que nos transcendemos a nós próprios e à nossa “realidade”, em que criamos e partilhamos com outros (o “público”) novos mundos, ou velhos e conhecidos mundos a uma luz diferente? O que é o teatro senão uma arte jogada a sério sobre a condição humana e as possibilidades de a transformar?”

 

Rogério Samora e Cucha Carvalheiro no Teatro da Trindade. Isto e melhor aqui.

 

Informação - após intervalo de tempo em que me não era possível responder a comentários, estão reabertos. Bem-vindos e desculpem qualquer coisinha.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 09:34
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (5) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds