Quarta-feira, 4 de Novembro de 2009

"UM CAFÉ E A SINA, SE FAZ FAVOR!"


Brian O'Connor

 

Num café em Tel Aviv, é servida aromática mistura aquosa, competente e munida de acrescento: leitura da sina. Presente e futuro nas borras do café em vez de escritos na palma da mão. Os funcionários obedecem à instrução recebida duma mulher com ascendência cigana. Evitam as más notícias, atentam nas boas e servem conselhos à medida do cliente.
 
A Teresa C., descrente nas previsões avulsas que incluem as meteorológicas, não resistiria à sina lida como alternativa ao mimo/amostra de chocolate que dispensa. Ofereçam-lhe ervas aromáticas para culinária ou plantas floridas envasadas - alarga sorriso nos lábios e no olhar. Congrega em húmus e terra espalhada numa saladeira larga de cerâmica verde-lima, branca, ou laranja, verdes minúsculos, a um euro cada nos hipermercados. Rega e persegue o crescimento. Cuida da luz precisada. Levantado o dia, enche a alma mal acordada com o jardim miniatura. Lembrança do que na Beira frui. Demasiado longe da vida urbana para lhe assistir aos ciclos. Por isso, a ternura nos gestos quando vigia o jardim possível no abrigo/casa.

 

A leitura da sina, mesmo em borras, seria equivalente à diversão obtida quando lê futuros fora de prazo em revistas de bonecos(as) entre champôs, máscaras capilares (trazidas de casa – economia é valor que a Teresa C. aprecia) e demais atavios no cabeleireiro.

 

Que escrevam, verbalizem (in)certezas ociosas. Que emaranhem vidas. Bom café e brushing a preceito servem como leitmotif  para sorrir e descrer.

 

Nota - http://tsf.sapo.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=1405877

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

tags:
publicado por Maria Brojo às 06:28
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (10) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds