Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

BARONIAS MUITAS

 


Paul S. Broen


Começou ontem. Final previsto: 7 de Fevereiro. A primeira de três semanas gastronómicas. Nesta, pontificam espargos, catacuzes e carrasquinhas em mesas acolhedoras do bem comer. Em Junho, serão as beldroegas; em Novembro, poejos, coentros, hortelã e demais aromas e sabores oferecidas pelos campos na forma de ervas.

 

O Ciclo Gastronómico “As Ervas da Baronia”, organizado pelo Município de Alvito, acumula quatro edições. Como mote, Vila Nova da Baronia – nome herdado, no dealbar do século XVIII, do donatário Conde e Barão de Alvito. Vila com gentes envelhecidas. Desertificada. Pobre. Merecedora de bailinho outro da Madeira, desta feita digno e justo. Anda o povo dobrado no cultivo dos campos, recolhe ervas que confiram diferença ao cação, ao borrego ensopado, às migas, sopas e às carnes de porco para da esforçada labuta fruir a rica ilha no Atlântico plantada.

 

A situação tem volta:

- políticos coerentes e com vistas longas em vez de politiqueiros imediatistas;   

- os ilhéus choramingas e pedinchões que contribuam para as «Baronias» multiplicadas no país.

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 06:12
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (4) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds