Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

CHAMAI A MIM AS ORQUÍDEAS DO CAMPO

 

 

Jan Bollaert

 
Semana que começa bem e luz, entre chuva, esperança. Par de razões é suficiente. Primeira: as legislativas e as autárquicas ocorrem em datas diferentes _ a 27 de Setembro e a 11 de Outubro. Segunda: foi criado o Departamento de Ciências da Vida na Universidade de Coimbra. Fundamento: «Realidades como o envelhecimento da população, a resistência aos antibióticos e as doenças sem cura exigem novas abordagens científicas para o desenvolvimento de fármacos e técnicas inovadoras».
 
Que em Portugal abunda matéria cerebral de excelência é certeza. Que em vez de exportada ou imigrada encontre razões para permanecer ao serviço do povo ao qual pertence pela origem, é necessário. Mistura credível abrangendo Zoologia, Botânica, Antropologia e Bioquímica obriga a fé nos resultados. Ainda mais quando a fusão está envolvida em projectos científicos mundiais.
 
Ainda assim, prefiro atentar nas orquídeas do campo. Terrestres na maioria. Parasitas e trepadoras, algumas. Li qualquer coisa semelhante a isto: um único fruto de orquídea cobre centenas de milhares de sementes; dois ou três indivíduos cultivados podem, breves anos decorridos, gerarem elevado número de plantas. Ameaça de extinção muito diferente da animal _ escassos filhos por gestação.
 
Até ao final deste mês, as exóticas vulvas vegetais passam desapercebidas nos campos. Que a distracção não esmague os botões nos ovários invertidos. Ficam a perder os olhos do espírito.
 
CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 10:45
link | Veneno ou Açúcar? | ver comentários (4) | favorito

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds