Sábado, 11 de Outubro de 2014

TÁXIS E CAMELOS

Pete Dumny F.jpg

Pete Rumney G.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pete Rumney

 

 

 

Aconteceu na cidade inglesa de Manchester.

 

Um muçulmano devoto e barbudo entra num táxi.

 

Já sentado, pede ao taxista para desligar o rádio, porque não quer ouvir música como o decretado na sua religião e porque no tempo do profeta não havia música, especialmente música ocidental – a música dos infiéis.

 

O motorista do táxi educadamente desliga o rádio, sai do carro dirige-se à porta do lado do cliente e abre-a.

 

O árabe pergunta:

_ O que você está a fazer?

 

Resposta do taxista:

_ No tempo do profeta não havia táxis, por isso saia e espere pelo próximo camelo".

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

 

publicado por Maria Brojo às 12:25
link | favorito
Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

últ. comentários

Olá Tudo bem?Faço votos JS
Vim aqui só pra comentar que o cara da imagem pare...
Olá Teresa: Fico contente com a tua correção "frei...
jotaeme desculpa a correcção, mas o rei freirático...
Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds