Sábado, 17 de Maio de 2014

TROIKA, CINDERELA, POMBOS E ABÓBORAS

 

“Cinderella and the Birds” by Scott Gustafson                                                                                         Ria Hills  - “Tiny Pumpkin”

 

A palavra, ou sigla ou o quer que seja “troika” sempre me remeteu o imaginário para madrasta perversa como no conto “Cinderela” ou “Gata Borralheira”. Este, parece ter origem num conto italiano popular de seu nome “La Gatta Cenenterola” que no XVII Charles Perrault adaptou. Os irmãos Grimm terão bebido inspiração desta última fonte para recontarem o conto. Se no de Perrault não existia fada-madrinha que protegesse a donzela enjeitada, os Grimm acrescentaram-na. Alguns interpretam esta personagem como o espírito da falecida mãe de Cinderela, responsável pelo magnífico vestido de baile que alindou a filha.

 

Ora, no caso português, a alma materna «abensonhada» ao estilo de Mia Couto esqueceu a lusa filharada. Assim sendo, ficámos entregues à malvadeza da figura que no conto de Perrault acaba com os olhos furados por pombos competentes. Idêntico final para as filhas da madrasta. Possuindo nós pombos em bandos intermináveis, suponho-os distraídos no espalhar dejetos sobre ruas e monumentos que delapidam. Pecado sem remissão. Mas houve baile. E bailámos, bailamos e bailaremos. Sem príncipe redentor, é certo. Os sapatos de cristal, o vestido da Cinderela acabaram penhorados. Como de nós o futuro. Mas ficámos com a abóbora. Abóbora!

 

CAFÉ DA MANHÃ

 

publicado por Maria Brojo às 10:37
link do post | Veneno ou Açúcar? | favorito
2 comentários:
De ERA UMA VEZ a 18 de Maio de 2014 às 01:25
Na zona histórica da cidade onde vivo há um largo cheio de esplanadas onde de comem sardinhas assadas.
A Cilinha, dona do meu restaurantezinho preferido, tem uma forma peculiar de afastar os pombos quando em bandos quase atacam os clientes.
Segura uma enorme travessa de inox, levanta-a ao alto e deixa-a cair ruidosamente sobre a calçada portuguesa.
Clientes e pombos quase morrem de susto, enquanto ela se ri maldosamente.

Em três anos, onde estiveste tu Cilinha ???
De Maria Brojo a 18 de Maio de 2014 às 06:59
Era Uma Vez - «abensonhada» Cilinha! Conheço o método do milho roxo mas, porque interdito, requer cautelas. O método da Cilinha é legal e dizima os pombos com idêntica eficácia.
Fiquei a sonhar com o privilégio de morar num sítio assim desta Lisboa.

Comentar post

Recomendo:

Exposição de Artes Plásticas - Conceito

Page copy protected against web site content infringement by Copyscape

últ. comentários

Lembrai os filhos do FUHRER, QUE NASCIAM NOS COLEG...
Esta narrativa, de contornos reais ou ficionais, t...
Olá!Como vai?Já passaram uns meses... sem saber de...
continuo a espera de voltar a ler-te
decidi ontem voltar a ser blogger, decidi voltar a...
Autor que não foi possível identificar: Andrew Atr...
De férias , para sempre. Fechou a loja... :-(
Curta as férias querida...Beijos
ABANDONODAVID MOURÃO FERREIRAPor teu livre pensame...
Ainda?Isso aí no Inverno é gelado ;-)

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

pesquisa

links

arquivos

tags

todas as tags

subscrever feeds